Imitação de Cristo


Imitação de Cristo

Imitação de Cristo

  • Encadernação: Capa Dura
  • Edição: 1
  • Ano: 2015
  • Editora: Paulinas
  • ISBN: 978-989-673-437-4
  • Código de barras: 5603658195057
  • Páginas: 312
  • Peso (gr.): 480
  • Formato (cm.): 14 x 21 x 1,7
  • Autor/es:

PREÇO

12,60
14,00 €
Disponível  


Sinopse

Depois da Bíblia, este é, certamente, o livro mais influente e mais meditado pelos cristãos. Durante dezenas de anos, foi livro obrigatório em vários contextos da vida religiosa, nomeadamente nos períodos de profunda reflexão de discernimento, nos noviciados. No entanto, a sua influência foi muito para além das fronteiras da Igreja católica.
É considerado um clássico da espiritualidade cristã, e, embora tenha sido escrito para uma sociedade diferente da atual, não perdeu a sua acutilância.
Para Honoré de Balzac, «a Imitação de Cristo está para o dogma como a ação para o pensamento. Nele, o catolicismo é vibrante, move-se, agita-se, luta corpo a corpo com a vida humana».
Frei Luís de Granada, escritor espiritual do século XVI e tradutor espanhol da dita obra, diz: «Este livro é um companheiro fiel, uma consolação nos trabalhos, um mestre nas tuas dúvidas, uma arte para orar ao Senhor, uma regra de vida, uma confiança para morrer, um livro que diz de ti o que tu próprio não alcanças.»
Na contemporaneidade, dele disse o papa São João XXIII: «A Imitação de Cristo será sempre o meu livro preferido e uma das minhas joias mais preciosas.»

Críticas de Imprensa:
«Para a “Imitação”, os prazeres e as honras de nada valem, como de nada vale a especulação intelectual

Houve um tempo em que a “Imitação de Cristo” foi importante na minha vida, o que só é estranho porque eu nunca segui ideais ascéticos, embora às vezes pareça. Gostemos ou não da mensagem cristã, é difícil defender que se trata de uma mundividência desligada do mundo, hostil a todos os afectos humanos, coisa mental apenas. E, no entanto, é esse o ensinamento que Tomás de Kempis descobriu nas palavras de Cristo, e ao qual emprestou as suas palavras, que para muitos cristãos se tornaram quase tão famosas como as da Bíblia, quase uma segunda Bíblia.»
Pedro Mexia, in A Revista do Expresso


RECOMENDE A UM AMIGO

Por favor, introduza o email do amigo ao qual pretende recomendar este produto:


calendário de eventos
<Agosto de 2018>
domsegterquaquisexsáb
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031