Relatos de Um Peregrino Russo ao seu Pai Espiritual O Cristianismo, nos seus primórdios, como referiu João Paulo II, respirava a dois pulmões – a Igreja do Oriente e a Igreja do Ocidente –, e a Tradição Oriental, até hoje, testemunha as riquezas dessa Igreja indivisa. É, por isso, uma experiência enriquecedora e estimulante adentrar o mundo da espiritualidade ortodoxa, através da reflexão destes Relatos de Um Peregrino Russo ao Seu Pai Espiritual, considerado um dos seus melhores manuais de meditação. <br />As descrições e as narrações que contém mergulham-nos na vastidão geográfica e cultural da Rússia, nas suas tradições de acolhimento simples e caloroso e na inquieta e intensa procura da comunhão com Deus. O peregrino partilha com o leitor o seu desassossego pela experiência de Deus, descrevendo as suas itinerantes errâncias, pelos caminhos, pelas florestas e pelos aglomerados urbanos, sempre na procura de um aconselhamento que lhe permita alcançar a proximidade do Deus vivo.<br>Contém o método da célebre Oração do Coração.</br><p></p>«Finalmente editado em português “de Portugal”, este é um texto de autor anónimo, datado da segunda metade do século XIX. No centro desta pérola da espiritualidade está a prática da Oração do Coração. Esta consiste na repetição da Oração de Jesus “Senhor Jesus Cristo, tende piedade de mim, um pecador”, até ao ponto em que o coração e a mente já o rezam por si, sem cessar. O peregrino narra a sua busca por sabedoria sobre esta prática, a qual nos passa através das suas experiências ou diálogos didáticos com homens devotos. Caminhamos aqui na fronteira entre o religioso e o esotérico, mas ainda do lado da tradição canónica cristã, apoiada por argumentos racionais que divertem tanto quanto iluminam. Uma obra que tem ainda a vantagem de servir de porta de entrada para a rica espiritualidade cristã oriental.»<br>Filipe d’Avillez, in Revista <i>Os Meus Livros</i></br> http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=878 Thu, 27 Apr 2017 11:24:49 GMT Kairós Este subsídio, com origem no <i>Projeto Formativo</i> dos Frades Capuchinhos Italianos, tem este título, <i>Kairós</i>, por evocar uma perspetiva central do texto, isto é, a importância do tempo como fator que determina o crescimento e qualifica a eficácia da intervenção do animador. A alusão ao tempo, como fator decisivo do crescimento e das transformações da identidade, é a tarefa central de quem tem o encargo de ajudar ao crescimento do indivíduo (direção espiritual) e da comunidade (animação). O «tempo certo» na formação deve centrar-se no interior da qualidade da relação educativa, da qual emerge o nível e o tipo de recetividade do educando. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1073 Wed, 19 Apr 2017 15:31:35 GMT O Teu Rosto, Senhor, Eu Procuro Oito catequeses sobre a oração cristã, feitas pelo patriarca emérito de Veneza, Marco Cè, nos encontros anuais de abertura da «Escola de Oração» para jovens dessa diocese. Com uma grande profundidade espiritual, o Cardeal mostra como a oração é, antes de mais, uma «abertura do coração» a Deus, que se nos revela como Pai, permitindo um diálogo filial confiante e fecundo, «capaz de mudar a história dos homens». A oração não é dizer palavras, mas dialogar com a Palavra (entenda-se, orar com a Bíblia). http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=976 Wed, 19 Apr 2017 15:31:24 GMT Convite 2 http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1795 Tue, 18 Apr 2017 11:48:28 GMT Paciência com Deus «Concordo com os ateus em muitas coisas, muitas vezes em quase tudo... Muitas vezes também me sinto oprimido pelo silêncio de Deus e pela sensação do seu afastamento. Percebo que a natureza ambivalente do mundo e dos inúmeros paradoxos da vida pode dar origem a expressões tais. No entanto, a paciência é aquilo que eu considero a principal diferença entre fé e ateísmo.» (Autor) <br />Em Tomáš Halík encontra-se uma rara combinação de inteligência com o invulgar compromisso de não trair nunca o genes que nos une a todos, crentes e não-crentes, como filhos de Deus. <br /> <br /><iframe width="280" height="189" src="http://www.youtube.com/embed/E72Mt5YWk2M?rel=0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> <br /> <br /><b>Críticas de Imprensa:</b> <br />«O teólogo checo Tomáš Halík procura os sinais de um diálogo difícil em torno do cristianismo de hoje: a questão é saber que Igreja querem os crentes.» <br /><b>Bruno Vieira Amaral,</b><i> in</i> revista LER <br /> <br />«Halík não perde tempo com os ateus belicosos. Em vez disso, desloca a sua atenção para os humanistas seculares e para os espiritualmente inquietos que não se reveem na «religião organizada».» <br /><b>Bruno Vieira Amaral,</b><i> in </i>revista LER <br /> <br />«“Paciência com Deus” apela precisamente a largar certezas, a sair da zona de conforto, a, no mínimo, permitir que o desconhecido possa vir ter connosco, com as consequências que daí podem advir – como, por exemplo, pôr em causa parte das nossas “verdades”.» <br /><b>Filipe Messeder,</b><i> in</i> além-mar <br /> <br />«T. Halík escreveu uma obra de teologia, num estilo pouco habitual. Os grandes teólogos que ajudaram a elaborar os textos do Vaticano II e a lançar a teologia em novos horizontes já são raros e idosos. Não admira que seja saudada uma teologia que continua a apresentar-se com perguntas antes de respostas feitas e que incita o pensamento a caminhar pelo mundo do desassossego, das interrogações e dúvidas, o território onde se vive a "paciência de Deus", desse Deus que interrogou o interessante Zaqueu desta obra: "A fé - se for uma fé viva - tem de respirar; tem os seus dias e as suas noites. Deus não fala apenas através das suas palavras, mas também através do seu silêncio. Fala às pessoas não só através da sua proximidade, mas também do seu afastamento. Tu esqueceste-te de escutar a minha voz nos que experimentam o meu silêncio, a minha distância, nos que olham do outro lado, do vale de trevas, para o monte do meu mistério, escondido numa nuvem. Aí é que me devias ter procurado. A esses é que devias ter acompanhado, fazendo-os aproximar-se um pouco mais do limiar da minha casa. Era essa a porta especialmente preparada para ti."» <br /><b>Frei Bento Domingues,</b><i> in</i> Público <br /> <br />«T. Halík escreveu uma obra de teologia, num estilo pouco habitual. (...) Não admira que seja saudada uma teologia que continua a apresentar-se com perguntas antes de respostas feitas e que incita o pensamento a caminhar pelo mundo do desassossego, das interrogações e dúvidas, o território onde se vive a ‘paciência de Deus’ (...)» <br /><b>Frei Bento Domingues, </b><i>in </i>Público <br /> <br />«[Este livro] é um suave diluente das certezas eclesiásticas reconstruídas, de modo estridente, nos anos 80-90 (...). Recupera, com mansidão, a memória interdita dos ‘padres operários’, o sentido da teologia da libertação, os caminhos ocultos de deus na sociedade secular ocidental, sem se perder nas disputas e desavenças entre ‘conservadores’ e ‘progressistas’. (...) O tecido desta obra é construído por tudo o que tem sido desvalorizado, ocultado, marginalizado ou desfigurado na apologética eclesiástica (...) O que realmente o preocupa é (...) o tempo de escuta e de atenção a quem anda por outros caminhos, por carreiros e lugares ‘mal frequentados’. O próprio Jesus tinha sido acusado de andar em más companhias.» <br /><b>Frei Bento Domingues,</b><i> in</i> Público <br /> <br />«O livro Paciência com Deus não pretende ser nenhum manual de viagem. É um testemunho, muito reflectido e documentado, de uma grande peregrinação, atenta a tudo o que encontrou pelo caminho, sem dar lições.» <br /><b>Frei Bento Domingues,</b><i> in</i> Público <br /> <br />«Quase indispensável de ler para qualquer cristão para quem a fé não é só uma questão encerrada, mas sempre aberta, sempre à procura de permanente renovação, esta proposição de Tomás Halík é de uma fluência de leitura muito agradável, com muitas referências a autores marcantes na teologia cristã, e que recompensa o leitor com aquela sensação reconfortante de quem vira a última página: este livro ensinou-me, dele tirei conhecimento.» <br /><b>António Cardoso Pinto,</b> <i>in</i> essejota.net <br /> <br />«Não, a fé não é uma palmadinha nos ombros, é um murro no estômago.» <br /><b>Henrique Raposo,</b> <i>in</i> Expresso http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1313 Mon, 17 Apr 2017 15:08:27 GMT A Feiticeira do Bosque e o Professor de Botânica «Como todas, esta é uma história de <i>Era uma vez…</i>» É uma história de encontros e desencontros, encantos e encantamentos. É a história de uma Feiticeira chamada Circe e do seu encontro com um Professor. Depois de olhares, pensamentos e palavras, muitas luas depois, nascerá uma menina e ela contará a «sua» história, onde houve um tempo feliz. Sem esse tempo, sem essa felicidade, ela não existiria. Todos nós temos uma história. Todos os pais têm uma história feliz, breve ou longa, para contar aos filhos. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1064 Mon, 17 Apr 2017 12:53:11 GMT Quem espera Num dia quentíssimo, em que Quem passeia com os seus pais, a família para numa gelataria para comprar o gelado que o nosso amigo tanto adora. Mas a fila de espera é enorme! E imaginem... Quem não gosta de ficar quieto-quieto, parece que tem bichos-carpinteiros. Queria jogar às caricas, estudar os cromos do basquete... mas bom, devendo portar-se bem, põe-se a fazer cálculos e mais cálculos. E desespera, desiste, quer ir-se embora... faz greve de si mesmo e... chega a sua vez, nem quer acreditar! http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2032 Mon, 17 Apr 2017 12:52:26 GMT A História de António Num diálogo vivo e entusiasmante, que percorre os momentos históricos, tanto de Portugal nascente como da mentalidade cristã daquela época, um avô italiano conta à sua neta a aventura fascinante de Santo António, que nasceu em Lisboa, em 1195, e faleceu em Pádua, Itália, em 1231. A fama de grande orador, assim como os inúmeros episódios miraculosos em que a figura de António esteve envolvida, dotou-o, ainda em vida, da áurea de santidade, pelo que passou a ser conhecido pelo singular título de «o Santo»… apenas assim… sem outro nome. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1343 Mon, 17 Apr 2017 12:51:58 GMT Os heróis da Bíblia As histórias maravilhosas da Bíblia estão ao alcance das crianças neste livro ilustrado que apresenta importantes personagens do Antigo e Novo Testamento, como Abraão, Moisés, David, Elias, e, naturalmente, Jesus, Maria e São Paulo. Com animações que salientam o essencial da fé cristã, este livro ajudará os pequenos leitores a descobrir quem é o Deus dos Cristãos. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2049 Mon, 17 Apr 2017 12:51:32 GMT O Bom Papa João Neste 50.º aniversário da morte de Angelo Giuseppe Roncalli (papa João XXIII), ocorrida a 3 de junho 1963, a que se junta a celebração da sua canonização, PAULINAS EDITORA oferece aos seus leitores uma original biografia do «Bom Papa João» – título por que era conhecido ainda em vida –, redigida por um dos maiores estudiosos da sua figura e a partir do espólio epistolar disponibilizado, no início dos anos 90, aquando da instauração do processo da sua canonização. <br />Nesta obra se revela como a aproximação à figura e vida do papa João significa não só o contacto com um cristão exemplar, mas mais, permite encontrar as chaves de compreensão e interpretação da acelerada viagem da Igreja destes tempos, além das raízes em que assenta a história do Papado. A personalidade e o pontificado de João XXIII permanecem como uma sólida referência e como momento crucial do caminho irreversível do Cristianismo contemporâneo e particularmente do Catolicismo romano. <br />A partir de uma leitura profunda das fontes parecem emergir três polos desta brilhante figura da Igreja dos últimos tempos, e constantes ao longo da vida de Roncalli: o seu compromisso perseverante para a santidade, em fidelidade à graça; a sua atenção aos acontecimentos históricos, tanto aos pequenos como aos grandes; e a Igreja, enfoque de fundo e permanente de toda a sua existência. <br />Além da «normalidade» aparente dos seus gestos – nunca confundindo simplicidade com ligeireza, obediência com passividade, humildade com impessoalidade – a luz desta figura humana é a de um «gigante bom», capaz transmitir a todos o sentido do amor do Pai. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1927 Mon, 17 Apr 2017 12:51:02 GMT Por Causa do Meu Nome Jesus profetizou uma perseguição aos seus discípulos, quando os mandou ir anunciar a mensagem do Reino de Deus. A perseguição aos cristãos é uma realidade mundial até hoje. <i>Por causa do meu nome</i> lança um olhar sobre a situação dos cristãos em quase vinte países do mundo. Ao serviço da Organização católica internacional Ajuda à Igreja que Sofre, Reinhard Backes reuniu exemplos perturbantes de intolerância contra os cristãos e das respetivas perseguições brutais no mundo de hoje e complementou-os com informações fundamentadas sobre a situação dos cenários concretos da perseguição. <br />Este livro é um brado pela liberdade religiosa e pela solidariedade para com a Igreja perseguida em todo o mundo.<p><b>Co-edição com a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre</b></p> http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=879 Mon, 17 Apr 2017 12:50:12 GMT Um Amor Escrito no Céu No dia 19 de outubro de 2008, a Igreja declarou beatos Zélia Guérin (1831-1877) e Luís Martin (1823-1894), pais de Teresa de Lisieux. O entusiasmo de muitos mas também o mal-estar de alguns, perante este casal singular de esposos, estão ligados a algumas características anómalas de um amor que contrasta com a cultura do nosso tempo. <br />Seria um erro abandonar a história destes cônjuges aos vestígios do passado ou deixar-se enredar por certas formas obsoletas, e não chegar ao núcleo precioso destas duas almas, que foram capazes de um amor de rara intensidade, uma combinação formidável capaz de resistir e triunfar sobre as humilhações, as mortes e os fracassos. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1334 Mon, 17 Apr 2017 12:49:48 GMT O Milagre da Esperança Esta biografia conta a história de um homem que se manteve constante na sua caminhada para Deus, apesar de toda a agitação política, social e cultural que marcou a história do seu país, da sua família e a sua própria vida. <br />Padre católico do Vietname, Francisco Xavier Van Thuan passou 13 anos numa prisão comunista, nove dos quais na solitária, e assistiu ao assassínio de vários familiares próximos. Contudo, nunca desanimou e manteve sempre a esperança. Esperança essa de que se tornou profeta e procurou fazer passar ao seu povo e a todos os homens e mulheres do mundo, escrevendo os seus pensamentos em pedacinhos de papel que enviava, clandestinamente, para fora da prisão. <br />Mais tarde, obrigado ao exílio, deixou o seu amado Vietname e põs-se ao serviço da Igreja, que o escolheu para cardeal e Presidente do Conselho Pontifício para a Justiça e Paz. Hoje, os seus escritos tornaram-se conhecidos em todo o mundo e estão traduzidos em mais de doze línguas. <br /> <br /><i>O Milagre da Esperança</i> é a história de «um homem que percorreu o caminho da esperança, animando-nos a mantê-la no meio das trevas da época e do lugar em que vivemos.» (Michael Downey). http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=737 Mon, 17 Apr 2017 12:49:21 GMT Introdução a Mestre Eckhart Quem foi Mestre Eckhart? De que forma os seus ensinamentos falam aos leitores de hoje? Este livro apresenta a vida profética e o trabalho controverso deste frade Dominicano e místico medieval que continua a marcar presença no trabalho de feministas, budistas, seguidores da <i>New Age</i> e escritores cristãos tradicionais. O livro está dividido em três partes: a biografia de Mestre Eckhart, uma explicação do seu ensinamento sobre a Alma e um percurso pela sua espiritualidade, por meio de palavras e imagens – a forma como Mestre Eckhart ensinou durante a sua vida. <br>Com um vocabulário contemporâneo, imagens e exercícios, <i>Introdução a Mestre Eckhart</i> torna o legado deste grande pensador medieval acessível aos estudiosos de hoje. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1043 Mon, 17 Apr 2017 12:48:38 GMT Lugares do Infinito É frequente ver no início do monaquismo cristão uma fuga <i>mundi</i> (uma fuga do mundo). No entanto, como sublinham os autores de <i>Lugares do infinito</i>, não se pense que se tratava de um abandono da vida, quanto de uma busca de Deus em lugares de tranquilidade, de pacificação, em contacto com a natureza. Por isso, os monges não estavam tão longe quanto isso da contemporânea busca de si, num anseio de fugir ao quotidiano. Desses lugares de infinito também os há no nosso país, “que podem ser lugar para umas férias diferentes ou para tempos de descanso. Mosteiros e conventos que convidam à busca interior, à procura do melhor de si mesmo, da natureza ou (para quem crê) de Deus. Onde o acolhimento continua ser uma dimensão importante” (da Introdução). http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1950 Mon, 17 Apr 2017 12:48:15 GMT A Cura pela Fé <b>1.º Prémio Mons. Vítor Feytor Pinto «Terapia e Espiritualidade»</b><br> <br />A Unção dos Enfermos ou dos Doentes tem sido um sacramento maltratado e desprezado. Esta reflexão pretende enfatizar a importância do sacramento no contexto do acompanhamento espiritual e religioso. A Unção dos Enfermos não é um ato individual e secreto, nem anuncia a morte: é um sacramento da Igreja. Constitui um momento particular e solene da solicitude pastoral da Igreja pelos enfermos e dá conta da curabilidade pela fé. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=999 Mon, 17 Apr 2017 12:47:49 GMT Crescer – Amar, Perder e Crescer Está a viver uma perda? Quer se trate de uma separação, quer da perda da saúde ou do luto por um ente querido, <i>Crescer<i/> pretende acompanhá-lo ao longo do caminho que se abre à sua frente, e convida-o a que não negue o seu mal; com a cura, descobrirá em si uma nova maturidade e uma maior possibilidade de amar: «Tal como o organismo ferido mobiliza todas as suas forças de cura, o mesmo acontece ao psiquismo atingido por uma situação de luto. Ele encerra em si tudo o que é necessário para o curar e para o fazer crescer.» http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=793 Mon, 17 Apr 2017 12:47:22 GMT Tratados e Sermões Nesta obra são apresentados, pela primeira vez em Português, os <i>Tratados</i> e alguns <i>Sermões</i> de entre os mais significativos de Mestre Eckhart, grande teólogo e místico do século XIII que forjou uma linguagem nova, profundamente ancorada no mistério divino. Ao utilizar, nos seus sermões alemães, expressões audaciosas para melhor tentar dizer o mistério de Deus, este frade dominicano foi alvo de suspeição por heresia. Isso levou-o a defender-se quer em Colónia, onde lecionou, quer em Avinhão. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=996 Mon, 17 Apr 2017 12:46:49 GMT O Coração da Criação John Main harmoniza os métodos da espiritualidade oriental com as práticas meditativas do Ocidente. Nos Padres e Madres do deserto, o monge beneditino descobriu uma tradição de oração contemplativa que acreditou poderia dar nova energia à Igreja, na oração, e restaurar a sua capacidade de comunicar um sentido do maravilhoso no coração da Criação. <br />Os pequenos capítulos deste livro são baseados em palestras do Autor – gravadas e transcritas –, dirigidas a grupos de pessoas que se reuniam para escutar os seus ensinamentos sobre esta antiga maneira de orar. Inteiramente simples e prático, não é um manual de exercícios para atletas espirituais, mas um simples companheiro para todos os que anseiam por uma experiência de Deus mais profunda e verdadeira. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1228 Mon, 17 Apr 2017 12:46:14 GMT Todos Nós Nascemos Livres Celebrando o 60.º Aniversário da Declaração dos Direitos Humanos, a Paulinas Editora, em parceria com a Amnistia Internacional Portugal, publica no nosso país o livro <b>Todos Nós Nascemos Livres</b>, já traduzido em mais de 30 línguas. <br />Esta obra única apresenta a versão simplificada da Declaração, para que esta se torne mais acessível a todos, sobretudo às crianças, e é ilustrada por artistas de renome mundial que fazem a sua própria interpretação de cada um dos 30 artigos. <br />Prefaciado por Matilde Rosa Araújo e por Fernanda Freitas, que descreve este livro como aquele que «todos temos direito a ter...», é a oferta perfeita para crianças ou adultos, sendo uma obra de referência em qualquer sala de aula. <br /> <br /><i>Os direitos revertem a favor da Amnistia Internacional, e parte da receita obtida com a venda da edição portuguesa reverte a favor da Amnistia Internacional Portugal. <br /> <br /><iframe width="320" height="180" src="//www.youtube.com/embed/YtMbPXR7bSo" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> <br /> <br />Livros recomendados para leitura autónoma com apoio do educador ou dos pais - Educação Pré Escolar.Livros recomendados para projectos relacionados com cidadania - Educação Pré Escolar e 1º e 2º Anos de Escolaridade. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=958 Mon, 17 Apr 2017 12:38:15 GMT Bendita Humildade «Queridos filhos e filhas, os senhores cardeais elegeram um simples e humilde trabalhador na vinha do Senhor. Consola-me o facto de o Senhor saber trabalhar e agir também com instrumentos insuficientes e, sobretudo, confio-me às vossas orações.» <br />Estas primeiras palavras – que ficaram gravadas na memória de todos – serão filhas da emoção do momento, representarão uma fórmula retórica ou revelarão algo de profundo do homem chamado a suceder a Pedro? Ao escolher esta última hipótese, o autor entra numa «selva luminosa» feita de discrição, renúncia, disponibilidade, dedicação, leveza, sacrifício, autoironia, humor, alegria…, tesselas preciosas de um mosaico para reconstruir o perfil do Pontífice-professor, através de análises de um estilo em que talvez resida uma das suas lições mais importantes. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1331 Mon, 17 Apr 2017 12:37:53 GMT Reportagem de Fátima «Este livro é a narração de uma viagem de dois jornalistas que tiveram a sorte de estar com as últimas testemunhas dos factos ocorridos em Fátima, e de reviver, graças <br />aos seus relatos, aquele mistério que continua a interessar o mundo, deixando-o deslumbrado.» Esta são palavras dos autores deste livro, que convida o leitor a uma (nova) reflexão sobre a importância dos acontecimentos de 1917, e que continuam a assumir um papel extraordinário na história do nosso tempo. Acompanhados pelo padre José dos Santos Valinho, sobrinho directo da Ir. Lúcia, os jornalistas percorreram os lugares das aparições, visitaram e entrevistaram as últimas testemunhas dos acontecimentos e tomaram nota de tudo, com o conhecimento, a emotividade, a beleza e a intimidade que só alguém da família dos pastorinhos poderia contar. O livro é ilustrado por um caderno de 16 páginas de fotografias a cores. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=432 Mon, 17 Apr 2017 12:37:29 GMT Quando Hitler quis raptar o Papa No agosto romano de 1942, numa grande fornalha, ardem folhas repletas de apontamentos. Quem as escreveu, com uma letra miudinha, foi Pio XII. Naqueles dias, nos palácios vaticanos, fizeram-se desaparecer outros documentos, queimados ou escondidos. Em Roma, circulavam rumores cada vez mais insistentes de que Hitler projetava a invasão da Cidade do Vaticano e a clamorosa prisão do Papa. Era preciso preparar-se para o pior. Como se chegou a tanto?! E que mais teriam de enfrentar a cidade de Roma e a Europa, antes de se libertarem da nuvem negra do nazifascismo? <br />Uma aliciante narração dos acontecimentos dramáticos da Segunda Guerra Mundial, através dos «olhos» de Pio XII e do seu grande antagonista Adolf Hitler, percorridos no habitual estilo que liga a sólida reconstituição histórica ao fascínio da narração. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1959 Mon, 17 Apr 2017 12:37:01 GMT Quebrar as cadeias <i>Quebrar as cadeias</i> é um testemunho emocionante e corajoso em prol da dignidade das mulheres exploradas, por parte de uma mulher consagrada que, combatendo as modernas formas de escravatura feminina, decidiu dar voz a quem não tem voz. Profeta da nossa época, a Irmã Eugenia viu reconhecido o seu combate, sendo agraciada com vários prémios e honras, nos Estados Unidos e na Europa. <br />«Costumo dizer – diz ela –, a nossa indiferença já é uma culpa, porque nós, realmente, de modo particular como cristãos, não podemos aceitar com indiferença a situação de milhares e milhares de pessoas que são vítimas de exploração, e de modo particular não somente pelo trabalho, mas, sobretudo, pelo tráfico de seres humanos para a exploração sexual.» http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2037 Mon, 17 Apr 2017 12:36:36 GMT Do Sofrimento à Paz A fé é o lenitivo mais eficaz para atenuar ou eliminar a dor, sempre que essa fé seja uma chama viva no coração do homem. Mas nem sempre assim é. Estas páginas oferecem aos leitores meios práticos para, por si mesmos, neutralizarem ou, pelo menos, atenuarem todo e qualquer sofrimento. Por isso, o autor dedica os três primeiros capítulos aos que não têm fé ou têm uma fé débil; e dedica o quarto aos que têm uma fé forte e fecunda. Ou seja, com este livro, o Pe. Larrañaga move-se, primeiro, numa perspetiva puramente humana, prescindindo dos pressupostos da fé, e, depois, numa reflexão cristã. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=209 Mon, 17 Apr 2017 12:36:17 GMT Mostra-me o Teu Rosto Escrito em estilo direto e vivo, com clareza e profundidade, com inspiração bíblica e existencial, é um livro nascido da vida, que oferece uma eficaz colaboração àqueles que desejam iniciar-se na experiência de Deus ou recuperá-la, e àqueles outros que desejam avançar no mistério insondável de Deus. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=345 Mon, 17 Apr 2017 12:35:13 GMT A História da Páscoa Anselm Grün, que já nos habituou à sua palavra refletida e incisiva, conta-nos, aqui, a história [bíblica] da Páscoa, de uma forma comovente e emocionante, desde a entrada de Jesus em Jerusalém até aos episódios da Ceia com os Apóstolos, Crucifixão, Morte e Ressurreição. As ilustrações de Giuliano Ferri – impregnadas de intencionalidade e de cor – ajudam e complementam, magnificamente, o conteúdo narrativo. <br /> <br /><iframe width="320" height="180" src="//www.youtube.com/embed/_VcCeoLnm6k?feature=player_embedded" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1273 Mon, 17 Apr 2017 12:31:10 GMT As festas cristãs Natal, Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Todos os Santos: eis algumas das datas importantes para os cristãos. Neste colorido livro infantil é explicado o sentido de doze festas cristãs. Além das ilustrações que recheiam todas as páginas, as crianças encontram também muitas surpresas, como jogos, rodas, bolsas, abas, e até imagens que se desdobram em três dimensões. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2050 Mon, 17 Apr 2017 12:30:56 GMT Nas Pegadas de Jesus Peter Walker, um estudioso da Bíblia e profundo conhecedor da Terra Santa, proporciona-nos, neste livro, uma viagem nas pegadas de Jesus. Com ele, podemos: acompanhar cronologicamente a vida de Jesus, desde o seu nascimento, em Belém, até ao seu clímax, em Jerusalém; conhecer todos os lugares por onde Jesus passou, mencionados nos Evangelhos e particularmente em Lucas; aprofundar o contexto histórico, geográfico e arqueológico desses lugares; visitar a Terra Santa na atualidade e perceber as modificações que sofreu ao longo destes 2000 anos; ter acesso a um rico conjunto de ilustrações a cores, nomeadamente fotografias, mapas, diagramas e cronologias; aceder facilmente, através de índices remissivos, aos lugares e às pessoas referidos ao longo do texto, bem como às leituras bíblicas citadas. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=989 Mon, 17 Apr 2017 12:30:40 GMT Jesus de Nazaré Através da ressurreição de Jesus, a Páscoa revela que também nós ressuscitaremos. A esperança universal é a de uma vida plena para a humanidade, através de um juízo de Deus, de um juízo sobre o mal do mundo, sobre quantos sofreram. Um juízo no qual se reintegrarão na vida plena todos aqueles que foram vítimas da história e pelo qual se dará uma purificação, através da misericórdia, de todos aqueles que, por seu lado, fizeram e criaram as vítimas.<br> <br />Enzo Bianchi não faz concessões às tendências da moda ou aos rituais da comunicação mediática. Ele escolhe o terreno mais difícil, mas também aquele que tem uma importância vital para a história e para a fé. http://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1185 Mon, 17 Apr 2017 12:30:23 GMT