Hans Urs von Balthasar

Nasceu em 1905, na cidade suíça de Lucerna.
Em 1928, recebeu o doutoramento em Língua e Literatura Alemã. No ano seguinte, entrou no noviciado da Companhia de Jesus, sendo ordenado sacerdote, em 1936. Em 1950, antes de proferir os votos definitivos, saiu dos Jesuítas, passando a pertencer à diocese helvética de Chur, a partir de 1956. Neste ano, recebeu o grande Prémio de Literatura atribuído pela Fundação para a Cultura da Suíça Central. Tornou-se membro da Comissão Teológica Internacional desde a sua criação, em 1969, e, em 1972, fundou a Communio – Revista Internacional Católica de Teologia e Cultura.
Os mais de cem títulos e centenas de artigos que publicou abrangem a filosofia, teologia, literatura, arte e espiritualidade. Os seus livros mais importantes, reunidos em 16 volumes, centram-se na revelação de Deus, segundo as categorias do Bem, Belo e Verdade: «Glória», «Teodramática, «Teológica» e «Epílogo».
Como reconhecimento pelo seu labor na investigação teológica foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa, pelas universidades de Edimburgo (Escócia), Münster (Alemanha), Friburgo (Suíça) e Washington (EUA).
Foi nomeado cardeal, em maio de 1988, pelo papa João Paulo II, tendo falecido, em Basileia, menos de um mês depois, em 26 de junho.

Filtros

A mostrar todos os 2 resultados

2 3 4