Lançamento do livro «Partilhar é bom» <p>A <strong>Paulinas Editora</strong> tem o prazer de convidar V. Ex.&ordf; para o lan&ccedil;amento do livro <em>Partilhar &eacute; bom </em>de Dom Manuel Martins.</p> <br /><p>Com a apresenta&ccedil;&atilde;o de D. JOS&Eacute; ORNELAS, bispo de Set&uacute;bal</p> <br /><p>Leitura de textos pela poetisa ALEXANDRINA PEREIRA</p> <br /><p>Apontamento musical pelo CORO JUVENIL NOSSA SENHORA DA CONCEI&Ccedil;&Atilde;O</p> https://www.paulinas.pt/Events_Detail.aspx?id=239 Fri, 18 Jan 2019 12:45:58 GMT Partilhar é bom «Há muitos anos que, logo pela primeira manhã no meu encontro com Deus através da liturgia, procuro descobrir o grande apelo para esse dia, fazendo dele a luz do meu caminhar, do meu que fazer», escreve D. Manuel Martins, primeiro bispo de Setúbal e figura incontornável da Igreja e da sociedade em Portugal, na introdução a este livro. <br />O bispo D. Carlos Moreira Azevedo lembra, no prefácio, a «face profética» de D. Manuel Martins e a sua capacidade, «bem patente nas frases breves aqui reunidas», para «aplicar as Escrituras aos problemas do momento, sem mediações ou interpretações». Trata-se de «provocações matinais» que orientaram «a mansidão do seu coração» e nortearam «a defesa determinada da dignidade humana e a lucidez perante esquemas que oprimem e não libertam sejam povos sejam pessoas», sublinha o delegado do Conselho Pontifício da Cultura. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2313 Fri, 18 Jan 2019 12:43:53 GMT A alma do Ecumenismo O ecumenismo não é ativismo eclesial, nem diplomacia eclesial, nem mesmo diálogo académico. «[A] conversão do coração e [a] santidade de vida, juntamente com as orações particulares e públicas pela unidade dos cristãos, devem ser tidas como a alma de todo o movimento ecuménico, e com razão podem ser chamadas ecumenismo espiritual» (<i>Unitatis redintegratio</i>, n. 8). <br />«Quando Jesus pede aos seus discípulos para que sejam um só, tal como Ele e o Pai são um só, torna-se evidente que não está na nossa capacidade fazer esta unidade. Não é uma coisa que possamos programar, organizar, nem conceber e construir a partir apenas das nossas ideias e vontade. A unidade só nos pode ser oferecida como fruto da oração, através do Espírito que o Pai envia. Nesse sentido, o ecumenismo é – resumidamente – a participação na oração de Jesus, e a oração pela unidade é o caminho ideal para o ecumenismo» (W. Kasper, no «Prefácio»). https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2292 Thu, 17 Jan 2019 10:14:32 GMT O Preço a Pagar Durante o seu serviço militar, Mohammed, um jovem muçulmano iraquiano, oriundo de uma família xiita, descobre com terror e assombro que o seu vizinho de camarata é cristão. Mas, entre os dois homens, nasce uma relação paradoxal de que Mohammed sairá metamorfoseado. Regressado à vida civil, terá somente uma ideia em mente: converter-se ao Cristianismo. Uma loucura total! Para os seus pais e os seus familiares é impensável. No Islão, a mudança de religião é um crime. <br /> O seu clã faz tudo para que desista da sua decisão. Mas não há nada a fazer. Depois de intimidações e murros, vêm a prisão e a tortura... Mohammed, agora José, vive um longo calvário, mas não cede. A autoridade religiosa máxima pronuncia contra ele uma fatwa. Os seus irmãos disparam contra ele, em plena rua. Gravemente ferido, desmaia... O preço a pagar é uma história verdadeira. Joseph Fadelle vive em França com a sua família, desde 2001. Agora é cristão, com a nacionalidade francesa. <br /> <br />Com o apoio da Fundação AIS https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1249 Thu, 17 Jan 2019 10:13:53 GMT Na margem do mistério Uma sociedade que nega as diferenças e que finge que somos todos iguais pode marginalizar a intolerância, por um lado, mas instituí-la por outros meios; isso significa que «nós poderemos tolerar-vos enquanto vós fingirdes ser semelhantes a nós». A modernidade aceita as diversas formas de crenças religiosas desde que estas se mantenham no âmbito privado ou se limitem a desempenhar um papel decorativo. E quando as convicções religiosas invadem a esfera pública, são objeto, simultaneamente, de um certo temor e sarcasmo. Mas a autêntica tolerância compraz-se na diferença e é enriquecida por ela. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2154 Thu, 17 Jan 2019 10:13:16 GMT Superar o muro Este livro fala de um gesto profético, de um abraço que uniu o papa Francisco, o líder islâmico Omar Abboud e o rabino Abraham Skorka diante do Muro das Lamentações, em Jerusalém. Esse gesto espontâneo e genuíno é motivo para uma conversa com dois dos intervenientes: o líder muçulmano e o rabino. E é o rabino Abraham Skorka quem nos desvela o sentido do que se passou ali: «Eu dizia-lhe [a Bergoglio] que o seu programa era o do profeta, não o do político. Ele concordava. Nunca mudou de atitude, nunca abandonou o seu léxico.» E esta foi também a ocasião para abordar alguns temas que unem os três intervenientes. <br />O livro, da autoria do padre António Spadaro, contém as suas entrevistas a Omar Abboud e Abraham Skorka, seguidas de alguns discursos feitos pelo papa Francisco na sua peregrinação à Terra Santa. E, no final, é-nos oferecido um impressionante testemunho dos episódios que envolveram a visita-peregrinação do Santo Padre a Israel e à Palestina e, depois, o encontro de oração pela paz nos jardins do Vaticano. <br /> <br /><iframe width="320" height="229" src="//www.youtube.com/embed/G4j_9KKQdPk" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> <br /> <br /><b>Críticas de Imprensa:</b> <br />«Os muros desfazem-se no nosso próprio coração, onde Deus e os outros nos esperam sempre.» <br /><b>Manuel Clemente,</b> Cardeal-Patriarca de Lisboa <br /> <br />«É pelo conhecimento do outro que o entendemos e se estabelece o mútuo respeito. <br />E só se chega ao conhecimento de Deus, a partir do respeito que estabelecermos entre nós.» <br /><b>Sheik Munir,</b> Imã da Mesquita de Lisboa <br /> <br />«Deus, em que todos nós acreditamos, deu-nos o privilégio da Vida neste Mundo. Temos de saber reconhecer esta sua dádiva sublime, respeitando-nos em Paz e com toda a Dignidade.» <br /><b>Samuel Levy,</b> ex-Presidente da Comunidade Israelita de Lisboa <br /> <br />“É um gesto real, não é simbólico. Eles não quiseram fazer uma encenação para dizer algo simbolicamente significativo”, sublinha o autor, “é um gesto real entre três amigos” <br /><b>António Spadaro,</b> em entrevista a Octávio Carmo da Agência Ecclesia a propósito do lançamento do livro “Superar o muro”, Roma <br /> https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2008 Thu, 17 Jan 2019 10:12:51 GMT Descobrir Hildegarda de Bingen O que mais impressiona em Santa Hildegarda de Bingen é a sua espantosa atualidade. Ela é uma das figuras mais fascinantes e multifacetadas do Ocidente europeu. Os seus escritos em variadíssimas áreas do conhecimento, desde o estudo da natureza e da anatomia humana até à dissertação teológica, à reflexão espiritual e à composição musical, são um bálsamo para o racionalismo asfixiante dos nossos dias. <br /> O texto de Cristina Siccardi revela de forma tão fiel e simultaneamente tão interpelante a figura de Hildegarda de Bingen que levou ao reconhecimento público do seu valor para o Cristianismo e «de significado para o mundo», com a atribuição do título de Doutora da Igreja, pelo papa Bento XVI, em 7 de Outubro de 2012. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1239 Thu, 17 Jan 2019 10:11:44 GMT Querido Jesus! <i>Querido Jesus</i> é uma coletânea de orações para diferentes circunstâncias e momentos do dia. Bonitas ilustrações e textos simples conjugam-se para ajudar a criança a descobrir a importância da oração e encorajá-la a manter sempre um diálogo aberto com Deus Pai, em todos os momentos do seu dia e da sua vida. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=947 Thu, 17 Jan 2019 10:11:14 GMT A Medida dos Anjos Quando duas meninas recebem uma semente de girassol, desentendem-se e a plantinha cresce muito mal. «Esse girassol não está feliz», comenta a professora. Assim, as crianças decidem fazer um anjo para ajudar a planta a crescer. Desenvolve-se então uma amizade entre as duas meninas e, à medida que vão aprendendo a gostar uma da outra, a plantinha vai crescendo cada vez mais… https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1182 Thu, 17 Jan 2019 10:10:39 GMT Até ao Cimo «Não vou falar outra coisa senão falar em voz alta da minha experiência de Deus... Portanto, vamos evitar toda a teorização, todas as expressões que sejam meramente intelectuais, mesmo que tenhamos de empregar a razão.» Foi desta forma que Pablo Prieto iniciou as conferências de exercícios espirituais das monjas de Tuleras (Navarra), dias antes do acidente na montanha de Moncayo, que o vitimou, e aqui transcritas «tal como foram gravadas de viva voz» por aquelas Irmãs cistercienses. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1225 Thu, 17 Jan 2019 10:10:08 GMT Paulo, Escritor de Cartas Como é que Paulo utilizou os seus secretários? Será que ele confiava nos seus co-autores? A formação retórica que recebeu afetou a forma como organizou os seus temas? Este livro invulgar confronta-se com estas questões, baseando-se em múltiplas citações de autores clássicos gregos e romanos. Uma pesquisa sinótica dos endereços e das conclusões das cartas revela a que ponto Paulo usava e adaptava as convenções epistolares do seu tempo. Simultaneamente, chama a atenção para a disposição que animava Paulo, no momento em que escrevia, e para o seu relacionamento com os endereçados. O efeito produzido é humanizar as cartas paulinas e tornar menos intimidante a complexidade da sua teologia. <br /> <br />«Há que saudar vivamente o indispensável contributo desta obra de Murphy-O’Connor. Para medir-se com Paulo de Tarso não basta apenas aproximar o ouvido do seu púlpito. É necessário conhecer os cantos da sua oficina literária» (José Tolentino Mendonça, <i>in</i> Prefácio). https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1072 Thu, 17 Jan 2019 10:09:38 GMT O Último Exorcista «O Último Exorcista é um título conscientemente provocador. É claro que não sou o último exorcista deste mundo. Depois de mim, outros virão e já existem outros, mesmo entre os jovens. Mas, no mundo, somos tão poucos… Muitos bispos já não acreditam no demónio nem já nomeiam exorcistas nas suas dioceses. Estamos reduzidos a poucos e cada um de nós, na sua batalha quotidiana, sente-se como se fosse o último exorcista a combater o grande inimigo. Esta é a minha grande angústia e preocupação, sendo por isso que aceitei que o livro saísse com este título.» (Gabriele Amorth) https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1230 Thu, 17 Jan 2019 10:08:52 GMT Tomados de Assombro Provado pela doença, o cardeal Martini, vê-se forçado a pronunciar, com grande dificuldade, homilias cada vez mais breves, mas também cada vez mais decisivas para compreender a mensagem universal de Jesus. Esta, de facto, não cessa de provocar em nós um assombro. E o assombro, que positivamente nos toma, é um convite aberto a todos, crentes e não-crentes, a redescobrir a vida e a sua autenticidade. <br />Este é um testamento espiritual de uma das grandes figuras do nosso tempo. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1247 Thu, 17 Jan 2019 10:08:12 GMT A Dádiva dos Anos A Dádiva dos Anos reflete sobre os vários aspetos do envelhecimento, os propósitos e as preocupações, as lutas e as surpresas, o potencial e as alegrias. É uma panóplia de temas fulcrais que emergem com a idade, para nos levar à plenitude da vida. E, talvez a mais importante dimensão da idade madura – esclarece Joan Chittister – é tornarmo-nos conscientes do seu propósito profundo: estes anos são o toque final, a altura em que estamos a refazer toda a nossa vida. A graça destes anos não é apenas estarmos vivos, é o dom de nos tornarmos mais plenamente vivos que nunca. <br /> <br /><iframe width="320" height="229" src="//www.youtube.com/embed/575V-CgiVOE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1223 Thu, 17 Jan 2019 10:07:45 GMT Eis o Mistério da Fé 2013 será o ANO DA FÉ. É a proposta de Bento XVI à Igreja e ao Mundo. Bruno Forte, em correspondência, deixa-nos neste livro abundante reflexão sobre a atitude crente, a vivência da fé e o testemunho que isso implica na vida dos cristãos. São 4 capítulos densos, substanciados «por um comentário teológico-espiritual ao Símbolo dos Apóstolos (I), ao dom da Palavra de Deus e dos sacramentos (II), aos mandamentos e bem-aventuranças (III) e às orações fundamentais do cristão (IV)». https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1324 Thu, 17 Jan 2019 10:06:45 GMT A Primeira Geração Incrédula A sociedade atual está sujeita ao impulso de um juvenilismo despropositado, de um lugar simplesmente insuportável para a maior parte dos jovens: nela não podem escolher o trabalho que querem, porque as únicas regras aceites são as do mercado (ditadas pelos adultos); não podem constituir família, porque não há casas (a não ser para os adultos); não podem dar à luz mais do que um filho, porque não há creches nem políticas familiares suficientes; não podem aspirar a ocupar cargos de uma certa responsabilidade, porque só a morte pode arrancar os adultos das suas poltronas. Numa sociedade assim construída, o destino dos verdadeiros jovens parece estar marcado! Os adultos devoram tudo e não deixam nada aos jovens, com custos elevadíssimos para estes. Não deixam espaços de futuro possível. E aí é que bate o ponto: a oclusão do futuro, a sua transformação em ameaça, significa, no fim de contas, segundo a famosa análise de Galimberti, confiar os jovens àquele hóspede inquietante, de nome antigo, mas de vitalidade estrepitosa, que é o niilismo. <br />«Armando Matteo faz soar o alarme!» (The Tabley, Inglaterra); «Uma provocante análise à relação entre a juventude e a Igreja e, de um modo mais amplo, à relação entre a juventude e os adultos» (Tiago Freitas, teólogo). https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1260 Thu, 17 Jan 2019 10:06:25 GMT Vaticano II ao Alcance de Todos Sabemos todos da importância do Concílio Vaticano II no século XX, que continua a servir de bússola para o novo século. O que não sabemos é explicá-lo, trocá-lo por miúdos, aproximá-lo, colher as suas linhas essenciais num resumo que sirva tanto para a catequese como para a formação pessoal ou para uma simples conversa. Por isso, saudamos este texto de D. António Marcelino, que representa, a vários níveis, o contributo que faltava. Que ele seja instrumento evangélico na cultura, e de inspiração da ação dos cristãos! https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1327 Thu, 17 Jan 2019 10:06:03 GMT A Alegria da Fé No Ano da Fé, proclamado por Bento XVI, toda a Igreja se empenhará certamente, de modo particular, em reavivar e aprofundar o conhecimento da doutrina católica. Na Nota pastoral da Congregação para a Doutrina da Fé recomenda-se «acolher mais atentamente» a pregação, a catequese e os escritos de Bento XVI, que, nestes breves anos de pontificado, nos tem dado ensinamentos preciosos para a inteligência e para a vida de fé. A presente coletânea antológica pretende, precisamente, inserir-se nesse percurso de aproximação do pensamento e da espiritualidade do Papa, procurando, nesta ocasião, reviver com ele, e guiados pela sua palavra, os fundamentos do Credo. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1323 Thu, 17 Jan 2019 10:05:40 GMT A Grande Recusa A renúncia de Bento XVI marca uma reviravolta na história da Igreja. Suscitou aplausos mas também perplexidades. Nas origens da Igreja e na Idade Média ocorreram algumas renúncias, mais ou menos forçadas e em contextos de embaraço. <br />Esta obra analisa as movimentações políticas e eclesiásticas que conduziram às renúncias na cátedra de Pedro, desde as primeiras décadas do Cristianismo até Bento XVI. Eis uma reflexão que nos faltava para compreendermos não só o passado da Igreja, mas também o seu presente. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1256 Thu, 17 Jan 2019 10:05:18 GMT O país das chaves Mais um maravilhoso livro para alegrar e estimular as mentes infantis, especialmente na Quadra Natalícia que se aproxima. As apelativas ilustrações ajustam-se, naturalmente, a um texto cuidado e de forte pendor pedagógico, resultando num produto literário endereçado a uma faixa etária muito aberta à novidade e à interiorização de propostas valorativas de comunhão fraterna, convivência harmoniosa e respeito pelas tradições sociais e de família. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=2071 Thu, 17 Jan 2019 10:04:50 GMT Mostra-me o Teu Rosto Escrito em estilo direto e vivo, com clareza e profundidade, com inspiração bíblica e existencial, é um livro nascido da vida, que oferece uma eficaz colaboração àqueles que desejam iniciar-se na experiência de Deus ou recuperá-la, e àqueles outros que desejam avançar no mistério insondável de Deus. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=345 Thu, 17 Jan 2019 10:04:24 GMT José, o Sonhador A incrível vida de José é o tema deste livro encantador e interativo. No interior, as crianças vão encontrar a túnica multicolor de José, os seus sonhos cheios de significado e a forma como chegou a ser governador do Egito. Rodas que giram, abas que abrem e janelas fantásticas fazem deste um livro ao qual as crianças vão querer voltar vezes sem conta. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=957 Thu, 17 Jan 2019 10:03:51 GMT Histórias da Bíblia Um livro único com páginas desdobráveis gigantes, que contam as histórias da Bíblia de forma divertida. As crianças podem ler sobre Noé e a arca barulhenta, David e o gigante feroz, Jonas e o grande peixe, e outras histórias, e aumentar o drama com páginas gigantes que abrem para cima, para baixo, para a direita e para a esquerda, criando enormes cenas panorâmicas. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=780 Thu, 17 Jan 2019 10:03:24 GMT Rostos de Esperança «<i>Rostos de Esperança</i> é um convite à (re)descoberta da santidade da Igreja, advento do mundo novo. Na sua escola formaram-se e formam-se luminares de santidade. Rostos de Esperança, mais do que uma compilação de testemunhos acerca da vida de alguns santos, leva o leitor a conhecer o modo como eles continuam a ser modelo para a vida atual.<br> <br />Parabéns aos autores dos textos que compõem o presente livro pois, através dele, de forma dinâmica, ajudam os leitores a entrar em contacto com modelos de vida e de fé, testemunhando assim que a Igreja, com a sua frescura de santidade, é sempre atual, convidando-nos a que também nos deixemos transformar em rostos de Esperança» (Cardeal José Saraiva Martins, <i>in</i> Prefácio) https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1169 Thu, 17 Jan 2019 10:01:40 GMT Do Champanhe aos Salmos «Não posso resistir à força que me habita. Levanto-me: devo demitir-me…» Um jovem bancário franco-americano abandona a sua vida de <i>golden boy<\i> para integrar um austero mosteiro cisterciense na Sabóia. Porquê? Ele próprio se interroga. À sombra dos muros de clausura, e em relação com outros exploradores místicos como os monges de Tibhirine (Argélia), começa a desenhar-se um apelo insólito: fundar uma pequena fraternidade nos Bairros-Norte de Marselha. Esta narrativa ritmada, cheia de humor e sensibilidade, mergulha o leitor em microcosmos surpreendentes. Os eventos da vida quotidiana testemunham uma discreta mas real dinâmica de metamorfose. Na humildade de uma vizinhança paciente, os reencontros entre ricos e pobres, cristãos e muçulmanos, crentes e descrentes, franceses e estrangeiros, transformam as representações do mundo e de Deus, e gera-se uma sociedade mais esclarecida, mais justa e feliz, que testemunha a fecundidade do «novo monaquismo», que surgiu a partir dos anos 1990. <br /><br> <br />«Comovente, divertido, intenso e descontraído, Henry nunca perde de vista o Mestre, que vê espelhado nos rostos das crianças, casais, jovens e clérigos que vai encontrando no seu caminho. Todos são vias para Deus.»<br><n> <br />João César das Neves https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1125 Thu, 17 Jan 2019 10:01:24 GMT Chiara Lubich Chiara Lubich, fundadora da Obra de Maria, mais conhecida por Movimento dos Focolares, faleceu em 2008. A sua herança é agora recolhida por 142 000 membros ativos, presentes em 182 países, por mais de dois milhões de aderentes e 30 000 simpatizantes de várias fés e por um grande número de iniciativas e instituições espalhadas pelo mundo. <br> <br />A visão de Chiara foi uma humanidade sem limites: <i>Que todos sejam um</i>, segundo o ensino sempre novo de Jesus. Conseguirão os Focolares permanecer no sulco da sua fundadora? Como se adaptarão ao mundo que vai mudando, sem perderem a sua radicalidade inicial? Este livro procura responder a estas perguntas, através de entrevistas a responsáveis do Movimento, com uma rápida, mas exata reconstituição dos anos do crescimento e das «cruzes e luzes» que acompanharam Chiara Lubich, e com alguns escritos inéditos significativos. https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1086 Thu, 17 Jan 2019 10:01:06 GMT Quero que Sejas o Meu Pai Tudo começa como sucede frequentemente em muitos testemunhos: uma infância sem amor, a violência, o sofrimento que faz fechar o coração e os punhos. E, sobretudo, sem chorar. Jacky Van Thuyne conta tudo isso e também o que se lhe seguiu, muito semelhante a tantas vidas esmagadas. Neste caso, lidamos com uma força da natureza que não faz nada «a meias». Ele não se embrenha na pequena delinquência mas no grande banditismo, naquele que leva diretamente às prisões de alta segurança. Submergindo no inferno. Ali abre-se o Céu e Jacky Van Thuyne é subitamente apanhado por Deus e mergulha na fé como antes se tinha afundado na desordem: totalmente. <br><br> <br />«Estamos perante um mergulho na marginalidade acompanhados por uma descrição carregada de profunda humanidade, uma coleção apaixonante de histórias urdidas pela maldade e pela bondade humanas, um testemunho do poder de Deus na fragilidade de uma vida, um relato vivido de pecado e de fé.<br> Nesta obra recolhemos uma lição existencial para encarar o sistema prisional. Recomenda-se a todos os que pretendam entrar no terreno difícil do trabalho com reclusos.» <br> <br /><b>D. Carlos A. Moreira Azevedo</b>, <i>in</> Prefácio https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1054 Thu, 17 Jan 2019 10:00:47 GMT Padre Damião «A vitalidade do Padre Damião advém de dentro, desse coração de ouro, em que Deus quis trabalhar, para nos oferecer uma imagem esplêndida que nos recorda o coração misericordioso do seu Filho Jesus. Confio que, ao ler este livro e ao entrar profundamente no coração de Damião, muitos possam crescer na aventura de servir aos mais pobres, com generosidade, e seguir ao Senhor que inspirou a vida de Damião, para que também possam saborear essa imensa felicidade que ninguém pode tirar e que surge simplesmente de saber amar» (Javier Álvarez-Ossorio). https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=1015 Thu, 17 Jan 2019 10:00:31 GMT João Paulo II No segundo aniversário da morte do papa João Paulo II, foi entregue, à Congregação para a Causa dos Santos, o processo com as conclusões do inquérito à vida, obra, palavras e textos do Papa, passo indispensável para a sua beatificação. A Paulinas Editora junta-se a este momento histórico publicando aquela que é a primeira biografia completa do pontífice, de Luigi Accattoli, vaticanista do <i>Corriere della Sera</i>, escritor e conferencista, que o seguiu desde o primeiro ao último dos seus dias, acumulando um conhecimento extraordinário do papa polaco, ao qual dedicou cinco publicações.<br> <br />Esta biografia, cuja primeira edição data de 1998 (traduzida em nove línguas) e que agora foi completamente reescrita e completada com a última fase da vida do papa Wojtyla, apresenta, mais que um olhar para as obras pontificais, um olhar para a aventura humana de João Paulo II, porque, como diz o Autor, esta teve uma parte significativa na determinação da maneira de ser do Papa: a espontaniedade de certas situações, a sua forma de viver a saúde e a doença, as palavras improvisadas e aqueles gestos que exprimiam as suas emoções, as numerosas viagens apostólicas a terras longínquas, geográfica ou culturalmente (e não apenas a nível religioso), que vêm aqui recordadas como verdadeiras "empresas". https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=828 Thu, 17 Jan 2019 10:00:12 GMT Sobreviveu a Auschwitz Liliana Segre é uma das últimas testemunhas da <i>Shoah</i> ainda viva e ainda com a coragem de testemunhar, cuja voz é capaz de guiar-nos através do universo negro das emoções e do medo no seu limite, que os livros de história dificilmente nos transmitem.<br> <br />As palavras com que Liliana Segre tece a sua cansativa viagem de marcha-atrás foram conservadas na sua sobriedade tão direta. É uma narrativa na primeira pessoa, voluntariamente chã, através da deportação, do difícil regresso à vida e as razões mais íntimas que a levaram a tornar-se testemunha pública – uma pequena porta de acesso a um evento histórico demasiado grande e inesgotável.<br><br><i>Nas noites de céu limpo, escolhi uma estrelinha lá no alto e identifiquei-me com ela. Eu não estava em Auschwitz: tinha-me fundido com aquela estrelinha e pensava (de modo infantil, como eu era): “Eu sou aquela estrelinha. Enquanto a estrelinha brilhar no céu, eu não morrerei, e enquanto me mantiver viva, a estrelinha continuará a brilhar.”<br> <br />…<br> <br />O meu número 75 190 não se apaga: está dentro de mim. Eu sou o número 75 190.<br> <br />…<br> <br />Milhares, melhor, milhões de vezes já perguntei a mim mesma porque sobrevivi à <i>Shoah</i>. Mas não há resposta. Poderia dizer que Deus pôs a sua mão na minha cabeça; mas porquê a mim, e não à companheira que dormia ao meu lado? Não é esta a explicação. Só posso pensar num facto: cada um de nós tem um destino escrito algures…</i> <br /> Liliana Segre https://www.paulinas.pt/Product_Detail.aspx?code=865 Thu, 17 Jan 2019 09:59:50 GMT