A alma do Ecumenismo

14.00

A unidade dos cristãos como processo espiritual

O ecumenismo não é ativismo eclesial, nem diplomacia eclesial, nem mesmo diálogo académico. «[A] conversão do coração e [a] santidade de vida, juntamente com as orações particulares e públicas pela unidade dos cristãos, devem ser tidas como a alma de todo o movimento ecuménico, e com razão podem ser chamadas ecumenismo espiritual» (Unitatis redintegratio, n. 8).
«Quando Jesus pede aos seus discípulos para que sejam um só, tal como Ele e o Pai são um só, torna-se evidente que não está na nossa capacidade fazer esta unidade. Não é uma coisa que possamos programar, organizar, nem conceber e construir a partir apenas das nossas ideias e vontade. A unidade só nos pode ser oferecida como fruto da oração, através do Espírito que o Pai envia. Nesse sentido, o ecumenismo é – resumidamente – a participação na oração de Jesus, e a oração pela unidade é o caminho ideal para o ecumenismo» (W. Kasper, no «Prefácio»).

Peso 260 g
Dimensões (C x L x A) 14 × 21 cm
Ano

2018

Edição

1

Encadernação

Capa Mole

ISBN

978-989-673-659-0

Páginas

200

Quantidade Miníma

1