Carta aos Bispos A Igreja rejuvenesce

3.50

Relação entre dons hierárquicos e carismáticos para a vida da Igreja

Em torno ao Concílio Vaticano II, antes e depois, nasceram inúmeras associações eclesiais que constituem uma importante fonte de renovação eclesial, particularmente no serviço pastoral e missionário. Esta realidade recente da Igreja – as associações de fiéis, os movimentos eclesiais e as novas comunidades – é o objeto deste documento da Congregação da Doutrina da Fé, que vem agora enquadrá-la teologicamente, culminando uma reflexão de vários anos. São formas distintas das tradicionais associações de vida religiosa (os institutos de vida consagrada e as sociedades de vida apostólica) e constituem um complemento às mesmas, no seio da vida eclesial. Aliás, o seu carácter de «movimento» faz delas realidades muito dinâmicas, capazes de suscitar uma atração particular para o Evangelho e o seguimento de Cristo e de convidar a todos os fiéis a levar a cabo uma vida cristã que impregne todos os aspetos da existência humana. Como tal, os novos movimentos são também expressão da Igreja «mistério de comunhão».

Peso 80 g
Dimensões (C x L x A) 14 × 21 cm
Ano

2016

Edição

1

Encadernação

Capa Mole

ISBN

978-989-673-532-6

Páginas

48

Quantidade Miníma

1