Type the keyword or SKU

Fechar
Lista de desejos
0

Quem é Antonio Spadaro?

Por:Paulinas 0 Comentários
Antonio Spadaro

 

O padre Antonio Spadaro http://goo.gl/CaJnO1, que estará em Lisboa a 21 de abril, no Colégio São João de Brito, às 21h00, para a apresentação do livro “Querido Papa Francisco – O Papa Responde a Cartas Escritas Por Crianças de Todo o Mundo”, goo.gl/F5MhQO, de que é Curador, nasceu em 1966 na cidade italiana de Messina.

Em 1988 licenciou-se em Filosofia, logo depois de entrar no noviciado da Companhia de Jesus, onde foi ordenado em 1996, e onde professou em 2007. O seu currículo académico conta também com licenciatura em Teologia Fundamental, mestrado em Comunicação Social e doutoramento em Teologia, pela Pontifícia Universidade Gregoriana, tendo completado a sua formação, na Província dos Jesuítas, em Chicago (EUA), entre 2002 e 2003.

Em 1994 começou a escrever para a revista “La Civiltà Cattolica”, que dirige atualmente. É teórico da literatura e especialista em crítica literária, especialmente de autores contemporâneos italianos (v.g., Cesare Pavese, Alda Merini, Giorgio Bassani, Mario Luzi, Pier Vittorio Tondelli), de clássicos americanos (v.g., Walt Whitman, Emily Dickinson, Flannery O’Connor, Jack London), assim como de alguns mais contemporâneos (v.g., Jack Kerouac, Raymond Carver, entre outros).

A sua crítica e reflexão privilegia diversas áreas do saber, pois contempla a música (Bruce Springsteen, Tom Waits, Nick Drake, Nick Cave), a arte (Mark Rothko, Edward Hopper, Andy Warhol, Basquiat), o cinema e a forma como as novas tecnologias da comunicação impactam o pensar e o viver atuais, particularmente, a “Wikipedia”, “Second Life”, a leitura digital, as redes sociais, a filosofia “Hacker”, a ciberteologia, etc.

Fundou, em 1998, “BombaCarta”, projeto cultural que coordena, na Internet, iniciativas de escrita criativa, produção de vídeo e leitura, com participação de autores oriundos de várias cidades italianas.

É diretor da série de poesia L’Oblò das Editora Ancora e, desde 2002, exerce docência no Centro Interdisciplinar de Comunicação Social (CICS) da Pontifícia Universidade Gregoriana.

Em 2008, assumiu a chefia do Comité Científico “La sfida e L’esperienza”, que reúne professores e gestores interessados em questões de espiritualidade e de inovação. E, de 2004 a 2009, foi responsável pela coordenação das atividades culturais da Companhia de Jesus na Itália.

O empenhamento e interesse de Spadaro pelas áreas dos novos meios de comunicação social, leva-o a manter uma bem ativa presença em redes sociais da Internet, através de um sítio pessoal (http://www.antoniospadaro.net) e de dois blogues, sendo um dedicado à ciberteologia (http://www.cyberteologia.it/) e outro dedicado à escritora americana Flannery O’Connor (https://flanneryoconnor.wordpress.com/).

Devido à notoriedade nas áreas em que se especializou, integra os grupos de consultores dos Conselhos Pontifícios para a Cultura e para as Comunicações Sociais.

Antonio Spadaro tem acompanhado o papa Francisco em várias das suas viagens internacionais, além de estar envolvido em múltiplas atividades, como conferências sobre as suas áreas de especialização e apresentação de livros, iniciativas de que dá conta na rede social “Twitter” (https://twitter.com/antoniospadaro).

Desde 2013 que a Paulinas Editora dá a conhecer em Portugal a obra e o pensamento do padre Antonio Spadaro. Depois de “Ciberteologia – Pensar o Cristianismo na Era da Internet”, seguiram-se “Temos de Ser Normais” (uma «conversa aberta» com o papa Francisco), “O Sonho do Papa Francisco – Os Jovens no Coração da Igreja”, “A Verdade É um Encontro” (homilias do Papa Francisco na Casa de Santa Marta, que em 2016 foi seguido de um segundo volume, “A Felicidade Treina-se em Cada Dia”), “Superar o Muro – Diálogo Entre Um Muçulmano, Um Rabino e Um Cristão” e, agora, “Querido Papa Francisco”.

Categorias: Notícias

Deixe uma resposta